Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O Ártico a "torrar" e a Europa a "tremer" de frio

por Mäyjo, em 28.02.18

Imagem1.png

Enquanto a Europa treme de frio, o Polo Norte conhece um pico de calor com temperaturas 30 graus centígrados (ºC) acima da normal para a época, um fenómeno excecional que ocorre em contexto de aquecimento do Ártico.

O termómetro atingiu os 35ºC negativos em algumas regiões do centro da Federação Russa no domingo, 12ºC negativos na Polónia ou ainda 10ºC negativos no leste da França.

Nos últimos quatro dias, pelo menos 20 pessoas morreram na sequência da vaga de frio siberiano que se abateu sobre a Europa.

Durante este tempo, o Polo Norte, mergulhado na escuridão permanente da noite polar, registava temperaturas positivas graças a vagas de ar ameno.

Existe "uma situação de bloqueio anticiclónico no norte da Escandinávia (...) com uma subida de ar ameno da Islândia para o Polo Norte de um lado e o anticiclone do outro, descida de ar frio do Ural e da Rússia ocidental para a Europa ocidental", disse à agência AFP um meteorologista da Meteo-France, Etienne Kapikian.

Em resultado, "estima-se que ao nível do Polo Norte estão zero graus", indicou Kapikian, segundo estimativas feitas com modelização, porque não há estação meteorológica instalada no local.

Mais quente na Gronelândia do que em Bragança

Para ter uma medida mais precisa, é preciso ir ao extremo norte da Gronelândia, "onde se registaram 6,2ºC no domingo", acrescentou Kapikian. "É um valor excecional, cerca de 30ºC acima do que é normal para a época, mesmo 35ºC dada esta medida tão precisa", acentuou. É este um episódio excecional? Sim, mas nem tanto, respondem os cientistas.

"Temperaturas positivas no Polo Norte no inverno foram registadas quatro vezes entre 1980 e 2010 (...). Mas agora ocorreram em quatro dos últimos cinco invernos", disse à AFP o climatologista Robert Graham, do Instituto Polar Norueguês.

"Tivemos um inverno excecional no Ártico, o precedente também já tinha sido e não arriscamos muito se dissermos que o próximo também vai ser (...). É o aquecimento do Ártico", reforçou Etienne Kapikian.

 

Fonte: Sapo Lifestyle

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:56

Cemitério de Guangzhou

por Mäyjo, em 23.02.18

Guangzhou.jpg

Veja esta impressionante foto tirada por drone de um cemitério em Guangzhou, China.

A cidade encontra-se  numa das regiões mais populosas do centro do país, com uma população estimada de 13,5 milhões de habitantes na sua área administrativa.

Foto by @nk7

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:33

Antofagasta, Chile

por Mäyjo, em 22.02.18

antofagasta, Chile.JPG

23.6500, -70.4021

Ondas do Oceano Pacífico rolam para a cidade de Antofagasta, situada na costa do Chile.

Como esta área está situada no deserto de Atacama - a região mais seca do mundo - tem uma vegetação incrivelmente esparsa.

No total, Antofagasta abriga cerca de 400 mil habitantes e é a terceira maior cidade do município.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:13

Imagem urbana

por Mäyjo, em 21.02.18

Hisashimichi interchange of Hachioji, Tokyo.jpg

O nó rodoviário de Hisashimichi, na cidade de Hachioji, na área metropolitana de Tóquio.

Pode ver este nó no OpenStreetMap, aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:19

Delray Beach, Florida

por Mäyjo, em 20.02.18

No._39_-_Delray_Beach.jpg

26.475547616 °, -80.156470216 °

Delray Beach, na Flórida, EUA, é uma comunidade residencial.

Tal como muitas cidades no estado da Flórida contêm comunidades planeadas, muitas vezes construídas no topo das vias navegáveis na segunda metade do século XX, há uma série de projetos intrincados, como este que são visíveis a partir do céu.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:53

Washington Monument

por Mäyjo, em 19.02.18

IMG_2320.JPG

Hoje celebra-se o Dia dos Presidentes nos Estados Unidos.

Este é o Washington Monument - um obelisco localizado no National Mall em Washington, DC.

Com 169.294 m de altura, a estrutura foi construída para comemorar George Washington, o primeiro presidente dos Estados Unidos. A estrutura foi concluída em 1885; é feito de gneiss de mármore, granito e bluestone; e é reconhecido como a estrutura de pedra mais alta do mundo.

38,889469, -77,035258

Fonte da imagem: Nearmap

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:22

Sun Lakes, Arizona

por Mäyjo, em 18.02.18
Sun Lakes, Arizona, EUA é uma comunidade planeada com uma população de aproximadamente 14 mil habitantes, a maioria dos quais são idosos.
De acordo com dados do recenseamento dos EUA, apenas 0,1% das 6.683 famílias da comunidade são lar de crianças/jovens menores de 18 anos.

IMG_2154.JPG

33.208518°, - 111.876263°

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:14

Nova York

por Mäyjo, em 17.02.18

NYC_Full.png

Veja esta notável vista do centro da cidade de Nova York captada pelo satélite DigitalGlobe Worldview-3 num ângulo extremamente baixo. 

Na visão geral completa, muitos dos marcos da cidade são claramente visíveis, incluindo a Estátua da Liberdade, ambos os aeroportos JFK e LaGuardia, os arranha-céus de Midtown, Central Park e a Ponte George Washington. 

Fonte da imagem: DigitalGlobe

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:25

Lyon, França

por Mäyjo, em 16.02.18

IMG_2049.JPG

45.7626909, 4.8390297

A cidade de Lyon é a terceira maior cidade da França e está situada na convergência dos rios Ródano e Saône. Uma seção da cidade, dividida pelo Ródano, é visível nesta foto.

Lyon é frequentemente reconhecida como o local de nascimento do cinema - pioneiro pelos irmãos Lumière aqui em 1895 -, além de ser um importante centro culinário.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:30

Pembrokeshire

por Mäyjo, em 15.02.18

Pembrokeshire__Wales.jpg

52.0144943 °, -5.0872119 °

Pembrokeshire é um condado no sudoeste de Gales.

A área é o lar de Pembrokeshire Coast National Park, que inclui um trilho de caminhada com 186 milhas conhecida como Pembrokeshire Coast Path.

No norte do município estão as colinas de Preseli, um amplo trecho de terras altas com muitos locais pré-históricos e a fonte provável das pedras que foram usadas na construção do círculo interno de Stonehenge, em Inglaterra.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:17

Pág. 1/2



Este blog disponibiliza informação com utilidade para quem se interessa por Geografia. Pode também ajudar alunos que por vezes andam por aí desesperados em vésperas de teste, e não só, sem saber o que fazer...

Mais sobre mim

foto do autor


Siga-nos no Facebook

Geografando no Facebook

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D